Azure Analysis Services – Introdução

Azure Analysis Services – Introdução

O Azure Analysis Services fornece modelagem de dados de nível corporativo na nuvem.   O Azure Analysis Services dá suporte a modelos tabulares no nível de compatibilidade 1200. DirectQuery, partições, segurança em nível de linha, relações bidirecionais e traduções: todos têm suporte.

Conectar às fontes de dados

Modelos de dados implantados em servidores no suporte do Azure, conectando a fontes de dados locais na sua organização ou na nuvem. Combine dados de fontes de dados locais e na nuvem para uma solução de BI híbrida.

Como o servidor está na nuvem, a conexão com as fontes de dados nela é perfeita. Ao se conectar a fontes de dados locais, o gateway de dados local garante conexões rápidas e seguras com o servidor do Analysis Services na nuvem.

Explorar seus dados de qualquer lugar

Conecte-se e receba dados de seus servidores em praticamente qualquer lugar. O Azure Analysis Services dá suporte à conexão com o Power BI Desktop, com o Excel, com aplicativos personalizados e com ferramentas baseadas em navegador.

Segurança

Autenticação de usuário

A autenticação de usuário para o Azure Analysis Services é feita pelo AAD (Azure Active Directory). Quando tentam entrar em um banco de dados do Azure Analysis Services, os usuários usam uma identidade de conta da organização com acesso ao banco de dados que estão tentando acessar. Essas identidades de usuário devem ser membros do Azure Active Directory padrão da assinatura em que reside o servidor do Azure Analysis Services. A Integração de diretórios entre o AAD e um Active Directory local é uma ótima maneira de dar acesso aos usuários a um banco de dados do Azure Analysis Services local, mas não é obrigatório em todos os cenários.

Segurança de dados

O Azure Analysis Services utiliza o Armazenamento de Blobs do Azure para persistir o armazenamento e os metadados em bancos de dados do Analysis Services. Os arquivos de dados no blob são criptografados usando Azure SSE (criptografia do servidor de blobs). Ao usar o modo Consulta Direta, apenas os metadados são armazenados; os dados reais são acessados da fonte de dados no momento da consulta.

Fontes de dados locais

O acesso protegido aos dados que residem localmente na organização pode ser feito com a instalação e a configuração de um gateway de dados local. Os gateways fornecem acesso a dados nos modos Consulta Direta e de memória interna.

 

Criar um servidor do Analysis Services

Para começar, você precisa do seguinte:

  • Assinatura do Azure: visite a Avaliação Gratuita do Azure para criar uma conta.
  • Azure Active Directory: sua assinatura deve estar associada a um locatário do Azure Active Directory. Também é preciso estar conectado ao Azure com uma conta no Azure Active Directory em questão. Não há suporte para contas da Microsoft.
  • Grupo de recursos: use um grupo de recursos que você já tem ou crie um novo.

Criar um servidor do Analysis Services

  1. Entre no Portal do Azure.
  2. Clique em + Novo > Inteligência + análise > Analysis Services.
  3. Na folha Analysis Services, preencha os campos obrigatórios e pressione Criar.

Nome do servidor: digite um nome exclusivo usado para fazer referência ao servidor.

  • Assinatura: selecione a assinatura para a qual este servidor é cobrado.
  • Grupo de recursos: são contêineres projetados para ajudar você a gerenciar uma coleção de recursos do Azure.
  • Local: local do datacenter do Azure que hospeda o servidor. Escolha um local mais próximo da sua maior base de usuários.
  • Tipo de preço: selecione um tipo de preço. Há suporte para os modelos tabulares até 100 GB. Você sempre poderá alterar o tipo de preço mais tarde.
  • Clique em Criar.

 

Normalmente, a criação demora menos de um minuto; com frequência, apenas alguns segundos. Se você tiver selecionado Adicionar ao Portal, navegue até o portal para ver o novo servidor. Ou navegue até Mais serviços > Analysis Services para ver se o servidor está pronto. Se ele não aparecer, atualize a lista.

You must be logged in to post a comment.